•   por

Lúcio Sanfelice

Marketing emocional - O que é e as 5 emoções que levam um cliente à compra

O que é marketing emocional

Gerar uma conexão emocional e despertar sentimentos em seus compradores é o principal objetivo daquilo que chamamos de marketing emocional. Uma vez em que você capta a atenção de seu público-alvo e se conecta com o mesmo fica mais fácil convencer seu ouvinte a tomar uma decisão, e isso vale desde para fechar um negócio com sua marca até para se inscrever numa lista de e-mails automáticos.

marketing emocional

As ações de marketing emocional costumam explorar uma emoção em particular, podendo ser positiva como alegria e orgulho até o oposto como medo ou inveja. Independente da emoção despertada por sua marca o importante é que crie essa conexão com seu público alvo, que chame sua atenção para seu produto ou serviço e desperte seu interesse.

Como fazer marketing emocional?

Que as emoções humanas são poderosas já não é mais um segredo! Sem enrolação confira nos próximos tópicos algumas dicas e boas práticas que irão auxiliar sua marca a criar campanhas com mais apelos emocionais e aumentar a conexão com seus clientes.

Tudo se inicia com uma boa história

O ser humano ama uma boa história! Através das histórias se é possível estimular as mais diversas emoções e instigar uma conexão para com sua marca, sendo então o ponto de partida de qualquer boa campanha de marketing emocional.

Use o storytelling a seu favor, se tornando uma maneira simples e prática de levar a emoção através de seus produtos e serviços; acredite, através do storytelling irá existir uma maneira de criar uma bela história ao redor até mesmo dos serviços e produtos mais improváveis; um bom conjunto de palavras é tudo o que você precisa para criar uma boa história.

Desperte a curiosidade e surpreenda seu público

Você provavelmente já comemorou diversos aniversários em sua vida, porém, se existe um que pode ser o mais marcante e o que você se lembra com maior precisão é aquela festa surpresa que você nem imaginava que estava sendo organizada.

É um fato psicológico de que o cérebro adora surpresas e ainda mais quando seus resultados são positivos, desencadeando uma série de outras emoções humanas, incluindo o prazer.

Use este fator a seu favor durante a criação de seu marketing emocional, explore o desconhecido, desenvolva novas ideias ou aborde conceitos já conhecidos através de pontos diferentes, pontos que seus clientes podem não ter percebido anteriormente.

Que tal, também “provocar” seus consumidores? Os faça questionar sobre pontos que os mesmos acreditavam conhecer e assim eles irão buscar informações sobre você e sua marca de forma independente, prestando mais atenção em seu conteúdo a partir de então.

Conheça seu público e foque neles

Não tente fazer com que sua empresa seja tudo e tenha a solução para todos os problemas de todas as pessoas; um bom marketing significa alcançar um público em específico, focar nele e nutrir um crescimento saudável entre consumidor e empresa, dando resultado então a fidelidade do cliente para com sua marca.

Memórias + emoções + sentidos

A memória e a emoção possuem forte ligação com os sentidos humanos, por isso, ao desenvolver sua estratégia de marketing emocional tenha em mente a utilização de elementos criativos durante sua campanha.

As cores e músicas/sons utilizados durante sua campanha devem ser escolhidas com cuidado, garantindo que os elementos irão despertar a emoção certa no receptor.

Engajamento é uma via de mão dupla

Assim como você quer clientes que curtam e comentem seus posts, postem fotos utilizando seus produtos e marquem sua empresa, os clientes também se sentem muito bem quando a marca interage e engaja com seus posts e comentários.

Responda com entusiasmo os comentários de seus clientes em seus posts, curta e compartilhe as fotos de clientes utilizando seus produtos; deste modo os consumidores se sentem próximos de sua marca e criam uma relação de fidelidade.

O que motiva o cliente a comprar?

Ainda dentro do mundo das emoções diversos são os sentimentos que movem um potencial cliente à compra; os seres humanos são indivíduos que tomam decisões instintivamente, e, as emoções durante esse processo de decisão de compra, muitas vezes, possuem mais valor do que as informações e a racionalidade humana.

De forma prática podemos afirmar que 5 são as principais emoções que integram o processo de decisão de compra; confira um pouco mais sobre cada uma delas no tópico a seguir.

Quais as emoções que levam um cliente a compra?

Emotional Damage GIF by saschamoellersde - Find & Share on GIPHY

1. Ganância

A ganância faz com que um consumidor pense na recompensa que o mesmo irá obter caso realize a compra de um x produto ou serviço naquele exato momento, e essa ganância pode ser desde garantir um possível “brinde” que esteja sendo ofertado de forma limitada juntamente com o produto original ou até mesmo para poder mostrar sua nova aquisição se tornando o centro das atenções em um encontro de amigos que está próximo a acontecer

2. Medo

O cliente pensa na consequência ao tomar a decisão de compra, “e se eu não comprar esse produto agora e quando eu voltar ele não estiver mais aqui?” ou “e se a promoção acabar?”;

3. Altruísmo

O altruísmo leva um cliente a compra com um objetivo final de ajudar outras pessoas, de fazer o bem para o próximo; “a minha mãe iria adorar ganhar esse produto, isso a deixaria muito feliz”.

4. Inveja

A inveja leva o ser humano a pensar no quanto ele ficará para trás caso não adquira um determinado produto; “todos os meus amigos possuem esse novo celular e o meu é antigo”

5. Orgulho

A sensação de ser mais “inteligente” ao finalizar a compra de um produto, “meu amigo pagou R$500 neste produto, eu peguei uma promoção e paguei R$300”; mesmo não precisando do serviço ele é induzido a o comprar pela sensação de estar se dando bem.

Um bom marketing emocional conhece seus clientes e sabe quais as emoções exatas utilizar em suas estratégias de vendas, criando um cenário/história na mente do consumidor; mostrando que ao fechar negócio ele estará tomando a melhor decisão, estará saindo na frente de seus amigos e etc.

Quanto maior o número de estados emocionais sua propaganda utilizar maior será a possibilidade de você convencer uma pessoa a realizar uma compra.

Marketing emocional exemplos

Nike – Nada pode parar a gente

Apesar da Nike ser uma marca conhecida por seus produtos esportivos neste comercial, em nenhum momento ela faz um anúncio de determinado produto, ela não induz você a comprar algo.

Porém, lembra como o ser humano é apaixonado por uma boa história? E é essa história que o comercial entrega, te traz sentimentos de orgulho, pertencimento, família e força, fazendo com que o telespectador de forma inconsciente crie uma ligação com a marca e no fim busque por seus serviços.

EDEKA – Um natal diferente

Edeka é uma rede de supermercados Alemã que levou muito a sério a definição de marketing emocional nesta propaganda de natal do ano de 2015.

Novamente durante todo o anúncio comercial em nenhum momento o espectador se é influenciado a comprar determinado produto presente no mercado; com um belo conjunto de palavras e com uma história emocionante e cheia de sentimentos a Edeka conseguiu atingir a população e criar um anúncio que rodou o mundo inteiro.

Por que utilizar marketing emocional?

Uma vez em que cria essa conexão emocional entre o cliente e sua marca terá relações mais positivas e consequentemente maiores chances de que o consumidor volte a fazer negócio com sua empresa.

Alguns dos benefícios que a implementação do marketing emocional traz para seu negócio são:

  • Auxilia seu público a lembrar de sua marca;
  • Maior confiança na empresa;
  • Impulsiona vendas;
  • Auxilia seu público a compartilhar e recomendar sua marca;
  • Aumenta a fidelização do cliente;
  • Aumento no nível de satisfação.

Sammy Danna é um economista e professor brasileiro que produziu um artigo para o portal de notícias G1 intitulado Na hora de comprar, seus sentimentos falam mais alto do que a razão no qual o professor mostra como as marcas atuais entendem que a população no geral recebe uma enxurrada de informações diariamente; fazendo com que os profissionais de marketing de grandes empresas estejam participando cada vez mais do nosso dia a dia.

Hoje os profissionais possuem entendimento de que as nossas emoções tomam decisões na hora de uma compra, as grandes empresas entendem que não adianta apenas estar presente em uma grande prateleira (seja ela virtual ou não) e esperar que um consumidor a escolha, se é necessário se fazer presente no inconsciente das pessoas e fazer parte de seu dia a dia.

Tudo se inicia com uma boa história

Will Smith Reaction GIF - Find & Share on GIPHY

Lembre-se, vivemos em um mundo em que cada vez mais os negócios estão deixando de ser apenas negócios e se tornando uma conexão pessoal, além de conhecer a jornada do cliente se é necessário saber explorar as emoções de seu público alvo e mexer com suas sensações.

E, nada melhor para explorar as emoções de seu público do que contar uma boa história, a capacidade de contar uma boa história e cativar seus consumidores é o primeiro passo para um marketing emocional de sucesso.

Compartilhe este artigo com quem precisa pegar o trem do digital

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
E você, qual foi o melhor marketing emocional que já viu uma empresa fazer? Nos conte aqui nos comentários!
Inscrever-se
Notifica de
guest
0 Comments
Em linha
Ver todos os comentários

Newsletter do Trem do Digital

Estar consciente das atulidades no mercado e na área. E saber como extrair o melhor das agências com que vai trabalhar.

Artigos da catégoria

Logo os artigos aparecerão aqui.